Terça-feira, 18 de Janeiro de 2005

O sofrimento de uma falsa esperança...

Olá a todos...Hoje vou abordar um tema com especial pertinência no “mundo da infertilidade”:O sofrimento associado a uma falsa esperança...
Na verdade no meu caso especifico a esperança foi sempre inexistente...A adopção foi desde logo o caminho que me induziram a seguir...No inicio foi muito difícil aceitar, ainda mais, perante a realidade de Portugal no que se refere aos processos de adopção...O sentimento de revolta era inevitável...Senti-me injustiçada pela vida,
afinal quantas crianças não são abandonadas logo após a nascença,quantas não são vitimas de maus tratos,chegando mesmo a morrer?!!E eu que tinha o grande sonho de ser mãe(na altura encarava a maternidade como o crescer da minha barriga...o sentir dentro de mim um ser a quem iria chamar carinhosamente de meu/minha filho(a)),deparava-me em pouco minutos com a noticia de que meu útero jamais suportaria uma gravidez...Contudo, hoje agradeço de certo modo que a esperança,neste âmbito,nunca tenha feito parte da minha vida...pois muitas vezes a esta está associada a angustia, ansiedade...Sentimentos destrutivos, que podem-nos levar a acreditar que nada mais faz sentido...A todas as mulheres que sofrem de infertilidade apelo para os limites da esperança!! Não permitam que o sonho de ser mãe se torne o sofrimento de suas vidas...Mãe jamais irá ser aquela que Gera um ser...mas a que ama esse mesmo ser!!
publicado por anjinhaaa às 23:17
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De novembro7 a 22 de Janeiro de 2005 às 18:19
Vim retribuir o comentario q fizes te no meu blog, e dizer q gostei do teu, voltarei mais vezes! ***


De eliana a 20 de Janeiro de 2005 às 15:51
olá amiga
já não tenho palavras para te descreve a amiga que és ,repito me és uma pessoa espetacular,sei que este não é o lugar proprio mas gostava que soubesses mais o mundo todo que o que fizes te por mim ,ninguem fez,e que jamais poderei pagar te a tua amizade e nunca terei como te retribuir um dezimo da atenção e carinho que me deste,o tempo que perdes te comigo, sei o teu problema,e digo te sensibiliza me ,mostrame que á coisas mais importantes ou piores " que o meu problema e ficas a saber que se eu pudesse dá va te aquilo que mais querias no mundo pois tu mais do que outra pessoa mereces deus não foi muito justo mas temos de aceitar as decisões dele,quero que sejas muito feliz que tenhas tudo o que sonhas ,sempre ,e no que depender desta amiga maluca terás sempre tudo
bj eliana


De Pedro a 20 de Janeiro de 2005 às 15:32
Olá a todos os leitores, o meu nome é Pedro, certamente devem estar e se questionar o porque de um homem estar a comentar sobre este problema, que assombra uma grande parte das mulheres da nossa sociedade, pois digo-vos, em toda a minha vida lutei pela felicidade de muita gente homens, mulheres, crianças e idosos passei por muitos problemas e enfrentei muitos dos problemas de outras pessoas, e não poderia deixar passar este problema que afecta bastante a vida física e psicológica das nossas mulheres, se assim o poderei dizer.
Estou a par deste problema através de uma grande amiga que me ajudou em tempos, e mesmo com este problema, ela não deixou de me ajudar e apoiar, por isso venho aqui dar-lhe força e lembra-lhe que o seu sofrimento será sempre apoiado por pessoas que lhe amam, pois cristo também passou por muito sofrimento mas nunca foi abandonado por aqueles que o amavam, e vos mulheres que sofrem nunca percam a esperança e lutem sempre por uma vida melhor, amai dai felicidade que sereis recompensadas, lembrai-vos que aquele que quer felicidade não é feliz mas sim aquele que a dá, se em vosso ventre não gere vida, procurai dar vida a crianças que também como vós sofrem de outras maneira mas sofrem.
Força a todas não se deixem ir abaixo lutai e enchei o vosso espirito de alegria e lembrai-vos que existem pessoas, homens e mulheres que lutam por vos para que possais ter uma vida normal. Obrigado por lerem este comentário peço desculpa se escrevi alguma coisa que vos pudesse ofender, as minhas palavras são de força e coragem para todas vós, e antes de me despedir deixo apenas uma frase para reflectirem, lembrem-se que o vosso estado de espirito são as palavras de quem vos rodeia. FORÇA A TODAS E FELICIDADES!!!!!


De Samykas a 20 de Janeiro de 2005 às 12:39
Sou casado há 10 anos e não tive ainda filhos por opção, mas o meu gene egoista já está a trabalhar... Tenho 34 anos e já me vejo ansioso/apreensivo pelo destino dos meus descendentes...


De Samykas a 20 de Janeiro de 2005 às 12:33
Falso consolo associar a adoção à maternidade. Temos filhos para continuar a nossa linhagem, o chamado gene egoista. Amar, acarinhar nada tem a ver com a maternidade, mas sim com humanidade. É pena haver poucos humanos e muitos pais...


De paulito a 19 de Janeiro de 2005 às 17:47
infelizmente o apoio q t posso dar n pode ser dado mais proximo de ti.Mas fico mt contente por teres mais perto d ti mt amigos q t conhecem,que sabem do que és capaz e q como eu t admiram mt.
Bjitos amiga


De Lisa a 19 de Janeiro de 2005 às 16:04
Olá...vim aqui reforçar ainda mais o que te disse no grupo.... vc vai ser feliz... confie em Deus pq ele faz as coisas em seu devido tempo.... mas ele está sempre conosco e eu tenho certeza que se ele não colocar um bebe na sua barriga...vai colocar um lindo em seus braços e vc vai ser a mãe dele... de coração e alma... que é a mãe que ele mais necessitará.... eu tenho certeza que ele vai te amar muito... pq todos os amores vem de Deus... e eles são todos iguais... um beijão!


De zezinho a 19 de Janeiro de 2005 às 11:12
Luta pela tua felicidade, luta por algo que k te fará seres uma mulher realizada. Todos nós devemos ter muita força, muita vontade de viver, mesmo com um sonho se deve lutar. O k é uma vida sem um sonho, mesmo k seja uma utopia, uma quimera, mas temos k continuar esse sonho. Minha amiga! O sonho tem me acompanhado e nunca por nunca deixarei de o fazer. Viver um sonho, ou viver uma vida sonhando com o sonho é o meu sonho. Acordar todos os dias é o meu sonho e enquanto durar a minha vida vou continuar a sonhar com o meu sonho.
Luta, luta por aquilo k te faça feliz.
EU VOLTO.
BJNHS DO AMIGO ZEZINHO


De misterious a 19 de Janeiro de 2005 às 00:21
Tá muito bem dito e tá escrito de uma forma muito bonita mesmo. Concordo plenamente contigo quando dizes e apelas às mulheres que sofrem de infertilidade e têm esperanças e vivem com essas esperanças, para que não deixem a esperança tomar conta das suas vidas e não estraguem as suas vidas por causa disso.
É verdade que enquanto uma pessoa vive tem esperanças,mas não deixem essas esperanças também estragar a vossa vida e tomar conta de vocês.


Há muitas mulheres que geram seres mas não são mães não são nada.Mãe é aquela que ama um ser do fundo do seu coração,não necessariamente aquela que o gera.


De verdusca a 18 de Janeiro de 2005 às 23:29
É verdade o que escreves-te e está tão bem escrito... Realmente a esperança pode levar a desilusão, mas é a esperança que move a vida. Não me imagino a viver alegre sem ter esperança... esperança para me amar sempre, esperança numa vida conjugal feliz, esperança em chamar alguém de filho, esperança em ser chamada de mãe. Mãe de coração, porque tal como disseste, mãe é quem ama e não quem gera. E se o mundo me tirar a esperança de ser mãe, só tenho esperança de saber lidar com a situaçao, saber vencer as advertidades e ser feliz com todas as outras facetas que fazem parte da vida.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Feliz Ano Novo

. PARABÉNS MANA

. Dia Da Mãe

. Ausência

. És o meu Reflexo...

. Feliz Páscoa

. O Bater Do Teu Coração

. Alguém Especial

. Dia Internacional da Mulh...

. O amor não tem cor...(Ado...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds