Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2005

Amamentação na Adopção

"O ato de amamentar, além de servir para nutrir fisiologicamente o bebê, é muito importante para o seu desenvolvimento afetivo. Cria laços profundos de interdependência entre mãe e bebê.
Antigamente, as mulheres que adotavam, mesmo bebês recém nascidos, eram privadas desse prazer e privilégio. Hoje, através de procedimentos simples, a mulher que adota também pode amamentar.
Caso você vá adotar um bebê, procure um profissional especializado em amamentação e marque uma consulta para iniciar o processo de preparo para a amamentação.
Se o tempo não for suficiente para alcançar êxito na produção de leite antes do bebê chegar, há um Sistema de Nutrição Suplementar que também auxilia na indução da lactação. Nesse sistema, um reservatório de leite é fixado na roupa da mãe e pequenos ductos de silicone são presos à mama levando o leite do recipiente até ao bebê enquanto ele suga o seio.
É esse sugar ao seio aliado a um tratamento medicamentoso simples que possibilita a produção de leite na mãe adotiva." (Citação-http://www.infonet.com.br/meubebe/amamentacao19.htm)
publicado por anjinhaaa às 19:25
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De eliana a 12 de Março de 2005 às 12:44
como te disse na altura , e como já debati contigo realmente,é maravilhoso ,claro que nenhum sentimento se iguala ao amor que vais sentir por um filho teu, mas , será algo maravilhoso, saber que poderás ter essa experiencia, entre outras, que ficarás ainda mais proxima, do teu bebé,fiquei muito feliz por ti acredita,bjs da tua amiga , pra sempre


De [misterious] a 8 de Março de 2005 às 01:14
Amamentar um filho deve ser algo único, só de imaginar uma criança a mamar nos seios da sua mãe, olhando a mãe e a criança nos olhos uma da outra, sentindo uma felicidade e uma alegria tão linda. Com um sorriso na face e aconchegando o seu filho nos braços,acabando depois por vezes a adormecer nos braços da mãe :))).Deve ser tão lindo,só de imaginar como uma criança e uma mãe se devem sentir nesse momento é algo q nem é possivel descrever. Sei que tu já és uma mãe,mais do que qualquer criança pode imaginar.Eu próprio já tive o privilégio de te ver com uma pekenina nos braços olhando uma para a outra olhos nos olhos :).É algo q nunca esquecerei e q é muito lindo, ao sentir presente uma felicidade,ver sorrisos,um simples olhar q diz tudo.Beijinhos grandes*******


De SHE a 3 de Março de 2005 às 10:29
Não fazia ideia que isso era possivel! Como sempre acontece neste bolg mais uma situação interessante e importante para a qual nos alertaste!


De ananda a 1 de Março de 2005 às 14:07
Incrível! Não fazia ideia de que era possível fazer isso. Achei lindo! Beijinho!


De UmEco a 1 de Março de 2005 às 12:17
Olá, realmente a ciência e a inovação não para de surpreender!
No meu caso, apesar de homem, acredito que o acto de amamentar não ficou restringido...
E porquê?
Infelizmente a nossa filha não podia amamentar pelo peito, devido a um problema nos seios da mãe e tivemos de dar biberon, o que não invalidou o facto de existir na mesma o contacto da criança connosco.
Sempre que acabava de beber o biberon ficava um pouco encostada ao nosso peito para sentir o nosso cheiro e assim acalmar.
Relativamente ao alimento, existem hoje suplementos lacteos muito bons, que posso afirmar pela forma como a nossa filha desenvolveu, nasceu com pouco peso apesar de comprida e passado pouco tempo estava no precentil 95 como ainda mantem agora com 2 anos...
O acto de amamentar, hoje pode muito bem ser substituido, existem tetinas muito boas para que a criança tenha um sugar calmo e sem esforço e se tivermos o cuidado de permitir que exista esse contacto connosco, sinta o nosso cheiro e calor, a criança além da protecção vai sentir muito mais conforto.
Outro ponto importante na fase de amamentar são as cólicas, que também se pode provar através de estudos feitos que não é por se dar biberon, mas talvez por não se respeitar os horários da criança. Talvez também seja um tema interessante, sobre a forma como os pais inconscientemente alteram constantemente o ritmo das crianças pelo pouco tempo que têm para desfrutar dos seus filhos à noite e no fim de semana...
Uma criança saudavel será sempre um adulto saudavel, fisico e mental!
Um bj grande


De lua_sol a 1 de Março de 2005 às 11:21
Fiquei surpreendida com essa notícia. Ainda bem que há quem nos informe de algumas actualidades. Beijinhos


De Joo a 1 de Março de 2005 às 04:55
As coisas que por cá se aprendem!! :)
Não fazia a minima ideia!, embora sou dos que acredita que quase tudo é possivel;)
Beijinho
João


De lina a 1 de Março de 2005 às 02:26
Boa notica, gostei de saber . Aqui te deixo um grande abraço e beijinho*


De Pai - blog a 1 de Março de 2005 às 01:22
OLá, futura mãe ... fico feliz por ser possivel isso, mas continuo a dizer, ainda para mais, hoje com tanta gente a dar biberon... E em portugal, com a mania tarada de dar crianças filhas de "divórcio", apenas a um dos progenitores, conheço montes de casos, que quando as crianças são mais velhas, escolhem o outro. Tantas e tantas vezes, o Pai , que nunca deu de mamar .. ( o ideal, era os juizes, não "darem só a um", pois a criança não se divorcia, mas dividir os dias pelos dois, em condições normais. Mas o que te quero dizer, isso, repito, que o mais importante, é o amor. Já ês mãe. Beijinhos, e viva as crianças .


De Alexandra a 28 de Fevereiro de 2005 às 21:45
Olá linda.
Não fazia ideia de que isto pudesse acontecer, ou ando muito mal informada ou não ha de facto informação sobre o tema. Estou surpresa e feliz por tal ser possivel, acho uma maravilha mesmo.



Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Feliz Ano Novo

. PARABÉNS MANA

. Dia Da Mãe

. Ausência

. És o meu Reflexo...

. Feliz Páscoa

. O Bater Do Teu Coração

. Alguém Especial

. Dia Internacional da Mulh...

. O amor não tem cor...(Ado...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds